O Google anunciou hoje que planeja instalar um cabo submarino de 390 quilômetros que irá conectar a Praia Grande na Baixada Santista até à Praia da Macumba no Rio de Janeiro.

Para a construção do cabo de fibra óptica, o buscador informou que utilizará 100% de tecnologia nacional, marcando a “entrada do Brasil no mercado global de repetidores e cabos oceânicos de dados”.

“Reafirmando o nosso compromisso de longo prazo com o mercado brasileiro, o novo cabo de fibra óptica entre São Paulo e Rio de Janeiro será desenvolvido em parceria com a Padtec, empresa de Campinas já mundialmente conhecida no setor de sistemas de transportes óptico terrestres”, publicou Cristian Ramos, gerente de parcerias de desenvolvimento de infraestrutura de internet para a América Latina.

A empresa complementa que a solução irá ampliar e melhorar a infraestrutura digital na América do Sul, além de conectar o Brasil a outros dois cabos oceânicos já presentes na região. O início da operação do sistema está previsto para o segundo semestre de 2017.